Escale suas ideias com a ajuda de um ghostwriter

Sep 12, 2017
  • Ideias, aprendizados, novidades sobre sua empresa, reflexões… tem muita coisa passando em ritmo acelerado pela sua cabeça e seria muito bom poder registrar tudo — deixar disponível para outras pessoas e fazer esse conhecimento circular. Mas, como fazer isso se você não tem tempo? E, se tivesse tempo, talvez não conseguisse traduzir tanto conteúdo em um texto interessante? A saída para dar vazão às suas palavras pode estar em outras mãos: deixe um ghostwriter escrever por você.


    Ghostwriter, ou “escritor fantasma”, é um profissional de texto de alto nível técnico que dá forma ao conteúdo do cliente através de textos. É uma profissão muito antiga (dizem que nascida quase junto com a própria escrita), abrangendo artigos, ensaios, roteiros, músicas, discursos e livros. Mas é pouco conhecida justamente por sua essência: assim como um fantasma, o ghostwriter não aparece.


    Ele capta todas as informações necessárias e torna-se um canal para a pessoa que está fornecendo o conteúdo, que é quem assina o texto.


    A prática ficou um pouco mais conhecida através dos discursos políticos. No Brasil, um exemplo famoso é o de Autran Dourado, que fazia discursos para Juscelino Kubitschek: “Eu era apenas a mão que escrevia”, dizia o escritor.


    Ghostwriting corporativo
    No ambiente empresarial, acontece o mesmo: empreendedores em busca de repassar seus conhecimentos ou apresentar seus produtos podem pegar essa “mão” emprestada para escalar seus conhecimentos. Com o material escrito — seja em forma de artigos, e-books ou livros -, é possível fazer com que o conteúdo chegue a um incontável número de pessoas.


    Quando desenvolvida de modo profissional, a atividade de ghostwriting ajuda as pessoas a pensar, a organizar as ideias e colocá-las no mundo.


    Através de entrevistas e pesquisa, o profissional estuda o estilo do seu cliente, que traz também toda a bagagem cultural e intelectual e as suas experiências, dando elementos para que o escritor repasse traços pessoais para o texto. Tudo é feito em cima do conteúdo entregue pelo contratante, garantindo que o resultado final reflita fielmente o que ele quer passar com ajuda das palavras.
    Não deixe seu conhecimento aprisionado. Escreva! E, se não sabe como, conte com nossos ghostwriters.


    Se o assunto lhe interessou, continue nos acompanhando por aqui, pelo Facebook, Instagram ou pelo LinkedIn: falaremos mais sobre isso.

Comentários